Segurança Pública

Implantada política de segurança pública baseada no tripé: INTEGRAÇÃO, INTELIGÊNCIA e INTEGRIDADE.

APOIO TOTAL, LIBERDADE PARA TRABALHAR E VALORIZAÇÃO DO TRABALHO DAS FORÇAS DE SEGURANÇA:
 
1) FIM DA TERCEIRA CLASSE nas forças de Segurança Pública do Estado (cumprindo promessa de campanha); 

2) Uma das maiores promoções de Oficiais da história da PM (469 oficiais promovidos);

3) Aumento de 30% nas promoções de Praças – 2.301 promovidos, em lugar de 1.685. 
 
 
GRANDE AUMENTO DE PRODUTIVIDADE DAS POLÍCIAS. Desde o início do ano:

- Mais de 9 mil operações realizadas;
- Mais de 165 quadrilhas desbaratadas;
- Mais de 50 toneladas de drogas apreendidas;
- Mais de 4.700 armas apreendidas;
 - Aumento de 31,19% no cumprimento de mandados de prisão.
 
DE JANEIRO A SETEMBRO DE 2019, TODAS AS MODALIDADES DE ROUBOS CAÍRAM DRASTICAMENTE e os crimes contra a vida também sofreram quedas expressivas:
- 21,23% nos homicídios;
- 33,75% nos latrocínios;
- 47,36% nos roubos a transeuntes;
- 58,30% nos roubos de veículos;
- 58,56% nos roubos de carga;
- 79,17% nos roubos a instituições financeiras.
 
FIM DO NOVO CANGAÇO. Este ano, nenhuma cidade goiana vítima de “sequestro” por quadrilhas, em comparação a 22 que foram alvo desse tipo de ação entre 2016 e 2018.
 
• 12 QUADRILHAS DE ROUBO DE GADO DESARTICULADAS.
 
• IMPLANTADO SISTEMA DE SEGURANÇA RURAL PIONEIRO NO BRASIL: Centro de Comando e Controle Rural (CCCR) e Batalhão da Polícia Militar Rural, com georreferenciamento das propriedades e do patrulhamento. Propriedades conectadas com o CCCR (parceria com FAPEG e FUNDEPEC). Goiás já recebeu até missão do Japão para conhecer o sistema.
 
• ENFRENTAMENTO DA IMPUNIDADE, um dos maiores combustíveis da criminalidade no Brasil: 80,52% DE RESOLUTIVIDADE DOS CRIMES DE HOMICÍDIO EM 2019 e 88% das perícias concluídas (solicitadas em 2019) nos inquéritos da Delegacia Estadual de Homicídios.
 
• OPERAÇÃO ICARUS: Realizada a maior operação da história da Polícia Civil de Goiás. A ação desarticulou uma quadrilha internacional de tráfico de drogas que utilizava Goiás como parte do trajeto para a Europa, chamado de “rota caipira”. Foram apreendidos 11 veículos de luxo, cerca de R$ 571 mil e três aeronaves.
 
• OPERAÇÃO VIOLARE: Realizada em Goiás uma das maiores operações do país de enfrentamento à violência praticada contra mulheres e vulneráveis, com 151 presos, incluindo indivíduos já condenados que estavam soltos. Outra investigação da Polícia Civil tirou de circulação um estuprador que atuava em Goiás desde 2014 e fez pelo menos 22 vítimas, confirmadas por exames de DNA.
 
• CRIADA A SUPERINTENDÊNCIA DE COMBATE À CORRUPÇÃO E AO CRIME ORGANIZADO. Operações já foram realizadas na Secretaria da Educação, da Economia e no Ipasgo, desvendando esquemas de corrupção. Suspeitos foram imediatamente exonerados ou afastados das funções.
 
• SEGURANÇA DE GRUPOS MAIS VULNERÁVEIS: Em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social, foram REFORMADAS AS DELEGACIAS DO IDOSO E DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA, além da 1ª DELEGACIA ESTADUAL DE ATENDIMENTO DA MULHER, todas em Goiânia, que também passaram a contar com a cessão de servidores especializados nesse atendimento, tais como psicólogos, assistentes sociais e servidores administrativos.
 
• 1.091 NOVAS VAGAS JÁ ENTREGUES AO SISTEMA PRISIONAL.
 
• Concluída a obra do presídio segurança máxima de Planaltina (representam 388 dessas 1.091 vagas), pela Goinfra em parceria com o Governo Federal.
 
• Realizada uma das maiores operações de transferência de presos da história de Goiás: 188 criminosos de alta periculosidade foram conduzidos ao presído de Planaltina, em escolta com 55 veículos e mais de 400 homens de todas as Forças de Segurança mobilizados.
 
• Iniciada a implantação da biometria nos presídios, para apenados e visitantes - estes podem se cadastrar em unidades do Vapt Vupt.
 
• Implantado o uso de drones pelos Bombeiros em salvamentos na água e combate a incêndio – Iniciativa que está sendo copiada por outros estados.
 
• Na Temporada Araguaia 2019, foi lançado o aplicativo “Férias CBMGO 193”, com informações de segurança para os turistas, telefones para contato e outros dados de utilidade pública.
 
• Ações integradas da “Operação Turista Seguro”, na Temporada Araguaia 2019, levaram a um aumento de 40% nos atendimentos.
 
• Implantado, em abril, o serviço de resgate aéreo de asa fixa (UTI em avião), numa parceria do Corpo de Bombeiros Militar com a Secretaria da Saúde. 67 atendimentos já foram realizados.
 
• Implantado o serviço de socorro rápido com moto (GARRA) na Região Metropolitana para dar mais celeridade no atendimento inicial às vítimas de acidentes. Duas turmas de Bombeiros especializados foram formadas e, desde sua implantação em maio, foram realizados 1.119 atendimentos.
 
• Na Operação Cerrado Vivo, o Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás debelou 9.000 focos de incêndio - um número de ocorrências 46% maior em relação ao ano passado.