Símbolos Estaduais

Brasão

Goiás é considerado o coração do Brasil, não à toa o brasão de armas possui justamente essa simbologia. A paisagem superior do escudo representa o território que hoje é a capital federal, Brasília. O rebanho exemplifica a principal atividade econômica do Estado. Também aparecem na imagem ramos de café e de fumo, hastes de arroz e de cana, outras importantes produções de Goiás. 

O campo amarelo, com losango vermelho, à direita, representa a riqueza mineral. No canto azul, do lado esquerdo, temos o cometa Biela, que simboliza o Rio Araguaia, no ponto de seu curso que, dividido em dois braços, formam a Ilha do Bananal. 

Os anéis de cor amarela, que circundam o coração em sentido vertical e os demais da mesma cor, no sentido horizontal, representam as principais bacias do estado, Tocantins-Araguaia, e os doze principais rios do estado que correm para o sul. 

Por fim, o prato onde partem as labaredas, na parte inferior do escudo, remetem a descoberta de Goiás, quando Bartolomeu Bueno ateou fogo em aguardente impedindo, segundo a lenda, a “sanha guerreira” do gentio Goiá. 

Fonte:

 

Bandeira

Símbolo oficial do Estado de Goiás, a bandeira foi instituída pela Lei nº 650 de 30 de julho de 1919, e criada pelo goiano Joaquim Bonifácio de Siqueira. É composta por oito listras horizontais, alternadas nas cores verde e amarelo. O verde representa as matas e o amarelo as riquezas minerais. No canto superior esquerdo, temos a representação do Cruzeiro do Sul, através do retângulo azul com cinco estrelas brancas. A constelação foi homenageada por ter inspirado dois dos nomes antigos do Brasil, Ilha de Vera Cruz e Terra de Santa Cruz. 

Fonte:

 

Hino de Goiás

Santuário da Serra Dourada

Natureza dormindo no cio

Anhanguera, malícia e magia

Bota fogo nas águas do rio

Vermelho, de ouro assustado

Foge o índio na sua canoa

Anhanguera bateia o tempo

Levanta, arraial Vila Boa!

Terra Querida

Fruto da vida

Recanto da Paz

Cantemos aos céus

Regência de Deus

Louvor, louvor a Goiás!

A cortina se abre nos olhos

Outro tempo agora nos traz

É Goiânia, sonho e esperança

É Brasília pulsando em Goiás!

O cerrado, os campos e as matas

A indústria, gado, cereais

Nossos jovens tecendo o futuro

Poesia maior de Goiás!

Terra Querida

Fruto da vida

Recanto da Paz

Cantemos aos céus

Regência de Deus

Louvor, louvor a Goiás!

A colheita nas mãos operárias

Benze a terra, minérios e mais

O Araguaia dentro dos olhos

Eu me perco de amor por Goiás!

Terra Querida

Fruto da vida

Recanto da Paz

Cantemos aos céus

Regência de Deus