Maio Amarelo: alerta para a direção defensiva

Publicado: 21/05/19 17:02

Trânsito mais humano

Esta terça-feira, dia 21,  começou com mais uma ação do Detran-GO e parceiros - Secretaria Municipal de Trânsito (SMT), Associação dos Deficientes Físicos de Goiás (Adfego) e Associação dos Acidentados do Trabalho de Goiás (Aciteg) - que realizam atividade de conscientização no trânsito em alusão ao Maio Amarelo.

A ação, na Avenida Fued José Sebba, no Jardim Goiás, em Goiânia, alerta pedestres, ciclistas, motociclistas e motoristas, ou seja, todos que fazem parte do tráfego diário a adotarem medidas de segurança para um trânsito mais humano.

Segundo a Seguradora Lider - DPVAT, em 2018 foram 19,172 sinistros pagos por morte ou invalidez permanente em Goiás. A partir de campanhas de conscientização, o Detran-GO quer mudar essa estatística assombrosa, construir junto à sociedade uma cultura de respeito ao próximo no deslocamento cotidiano.

A maioria dos acidentes ainda são causados por falha humana como excesso de velocidade, ultrapassagem em local proibido, uso do celular enquanto dirige, e combinação de álcool e direção.

A atleta paralímpica, Adria de Jesus, faz parte da estatística de acidente de trânsito, a esportista teve a perna esquerda amputada por conta de condutor irresponsável, e define que o respeito no trânsito em todos os âmbitos reduz a estatística de vítimas fatal ou com sequelas.

Durante todo o mês de maio o Detran-GO está realizando ações educativas para estimular a reflexão e a mudança de atitude, para preservar vidas que estão sendo ceifadas no trânsito caótico. O agente de trânsito da SMT, Horácio Ferreira, define que ações em conjunto devem ser expandidas durante todo ano.

“Importante a parceria do Detran-GO e SMT para uma maior capacidade de atendimento à população”, afirma ele. Ainda de acordo com o agente, as ações se fazem necessárias com todos os órgãos envolvidos e durante todo o ano.

O Detran alerta que sem ação, as palavras não tem sentido, andar em desacordo com a legislação de trânsito é perigoso para você e para os outros. Ajude o Detran a levar a mensagem de “Respeito a vida no Trânsito” ao maior número de condutores.