Nota sobre Fundo de Arte e Cultura

Publicado: 13/08/19 09:34

O Governo de Goiás esclarece que não está sendo discutida internamente a desvinculação do Fundo de Arte e Cultura (FAC) da receita líquida do Estado, conforme tem sido noticiado.

Esse tema não está em pauta nem na Secretaria de Economia, nem na Secretaria de Cultura, nem na Casa Civil ou em outra área do Estado.

Isso não passa de notícia falsa, sem qualquer fundamento, que tem como consequência gerar inquietação na sociedade, em particular no meio cultural.

O compromisso do governo Ronaldo Caiado com a Cultura está evidente na própria recriação da Secretaria de Cultura, medida tomada com o propósito de dar condições para que a ação cultural do Estado seja ampliada.

Cabe ressaltar que as dívidas encontradas apenas na Cultura somam quase R$ 60 milhões, e que dentro do contexto de calamidade fiscal encontrada em Goiás, esta gestão tem se esforçado para encontrar soluções de financiamento da Cultura, assim como de outras áreas.

Recentemente, por exemplo, o governador anunciou o pagamento da premiação do Festival Internacional de Cinema Ambiental aos produtores que sofreram calote do governo passado. O pagamento dos R$ 400 mil está sendo providenciado pela Secult. A realização de um novo festival está em negociação com parceiros, inclusive com o Governo Federal.

O governador também anunciou a criação do Ano Cultural Cora Coralina, que será lançado dia 20 de agosto, em solenidade na Cidade de Goiás.

O atual governo também está apoiando a realização das tradicionais Cavalhadas em 11 municípios.

Os espaços culturais ligados ao Governo de Goiás estão em pleno funcionamento.

Obras que estavam abandonadas pelo governo passado, como a do Teatro Sebastião Pompeu de Pina, em Pirenópolis, estão sendo retomadas.

Esses são apenas alguns exemplos pontuais de ações do Governo de Goiás a favor da Cultura.

Este governo reafirma seu total compromisso com a Cultura.

Secretaria de Comunicação do Estado de Goiás