Operação fiscal em Jataí aborda carga de milho e gado sem nota

Publicado: 11/07/19 17:09

Para que a safra de milho produzida em Goiás não seja comercializada em outros estados sem o recolhimento do ICMS, as Delegacias Regionais de Fiscalização da Secretaria da Economia intensificaram as operações nas principais rodovias em todo o Estado. Nesta semana, o Comando Volante da Delegacia Fiscal de Jataí, abordou duas carretas transportando 64 toneladas do grão sem nota fiscal.

A abordagem ocorreu na GO-194, em Mineiros, um dos municípios da Região Sudoeste da circunscrição da Delegacia Fiscal de Jataí. Por falta de nota fiscal, os responsáveis por 94 cabeças de gado que estavam sendo transportadas em duas carretas também foram autuados durante a operação.

Além disso, os fiscais também abordaram outro veículo de carga carregado com material de construção em situação fiscal irregular. Nesse caso, havia documento fiscal que simulava operação interna, mas a carga era destinada a Ponte Branca no Mato Grosso.

As mercadorias encontradas com irregularidades fiscais somam mais de R$ 134 mil. Os responsáveis foram autuados e os produtos, liberados para os proprietários. Além do ICMS eles terão que pagar multa, que, juntos, somam mais de R$ 36 mil.

Comunicação Setorial – Economia