Casos de homicídio caem 4,71% em Goiânia no primeiro trimestre de 2018

Publicado: 10/08/18 15:25

A Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH) divulgou nesta semana os números de casos de homicídios registrados em Goiânia nos dois primeiros trimestres deste ano e, também, no mês de julho. Em todos os cenários as cifras apontam para a redução de crimes o que, conforme frisa o delegado Thiago Damasceno, é resultado das ações empreendidas pela Especializada. “São vários fatores que levam a essa redução, mas certamente um deles é a atuação da DIH, que vem produzindo em ritmo acelerado, ora mediante grandes operações, ora por meio de representações e cumprimentos de mandados de prisão”, comentou.

Comparando o primeiro trimestre de 2018 com o primeiro trimestre de 2017, o número de homicídios reduziu de 106 para 101, queda de 4,71%. Já no comparativo do segundo trimestre, os números diminuíram de 122 para 118, queda de 3,27%. “A curva descendente já está sendo observada há algum tempo, mas mesmo assim estamos obtendo números menores a cada medição”, explicou Damasceno.

Já no tocante ao mês de julho, a redução foi mais significativa. No ano passado foram 47 assassinatos, enquanto este ano foram 29, isto é, 38% a menos. Este é o menor índice para o mês de julho desde o início da disponibilização mensal dos resultados pela SSP, que começou em 2013. Ao analisar os números absolutos do ano (janeiro a julho), a redução já bate a casa de 10% – enquanto em 2017 foram 275 casos nos sete primeiros meses, este ano foram 248.

Outro ponto destacado pelo titular da DIH são as ações implementadas pela Especializada contra grandes organizações criminosas. “Com a desarticulação de núcleos de facções, conseguimos evitar uma série de crimes”, destacou.