Mais de 17 toneladas de laranja são inutilizadas

Publicado: 15/03/19 14:46

Mercadoria foi levada para o aterro sanitário de Anápolis

Fiscais estaduais agropecuários da Agência Goiana de Defesa Agropecuária interceptaram esta semana na Rodovia BR-153, no município de Goianápolis, uma carga com 17.760 quilos de laranja que eram transportados em um caminhão conduzido por Willian de Oliveira Abreu que informou estar vindo de Minas Gerais, com destino a Brasília.

Após a verificação da documentação, os técnicos constataram que a Permissão de Trânsito de Vegetais – PTV era falsa. Posteriormente comprovou-se que a Nota Fiscal também era falsificada.

O transportador foi autuado em R$ 10 mil, conforme prevê o Decreto Estadual nº 6.295, de 16 de novembro de 2005 (que regulamenta a Lei nº 14.245/2002 - Lei de Defesa Vegetal do Estado de Goiás). Por não ter como comprovar a verdadeira procedência da carga e devido ao risco de disseminação de pragas quarentenárias ainda inexistentes no Estado de Goiás, a mercadoria foi levada para o aterro sanitário de Anápolis, onde foi inutilizada.

A operação foi coordenada pelos fiscais estaduais agropecuários Geraldo Santana de Oliveira Neto, Anna Lídia Faria Macedo e Renan Willian Martins de Abreu, todos da Regional Rio das Antas da Agrodefesa, em Anápolis, com apoio dos fiscais estaduais agropecuários Ronnicher Orias da Silva Lopes e Humberto Carvalho de Oliveira, que fazem parte da equipe de Fiscalização Móvel da Gerência de Fiscalização Vegetal da Agrodefesa.

Assessoria de Comunicação da Agrodefesa
Mais informações: (62) 3201-3546