Polícia prende dois suspeitos do homicídio do menino Danilo

Eles vão responder por ocultação de cadáver e homicídio qualificado

Após diligências incessantes e ininterruptas realizadas nos últimos cinco dias, pela força tarefa da Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH), em Goiânia, os dois suspeitos da morte do garoto Danilo de Souza, de sete anos, foram presos em flagrante delito. Eles vão responder por ocultação de cadáver em conexão com homicídio qualificado, ambos crimes bárbaros que chocaram a sociedade goiana.

Foram presos Hian Alves de Oliveira e Reginaldo Lima Santos, respectivamente, colega e padrasto da vítima, que alegam tê-la matado como forma de vingança em razão de suposto mal comportamento da criança.

A divulgação da imagem e identificação dos presos foi precedida nos termos da Lei n.º 13.869, Portaria n.º 02/2020 – PC, Despacho do Delegado Titular desta unidade, nº 000010828006 e Despacho nº 61/2020 – DIH/DGPC- 09555 dos responsáveis pela investigação, especialmente porque visa o surgimento de novas provas e principalmente novas testemunhas do homicídio.

Comunicação Polícia Civil