21 novas empresas chegam ao Estado com mais de R$ 1 bi em investimentos

A expectativa é a geração de mais de 10 mil empregos, entre diretos e indiretos

Evento de assinatura de protocolos de intenção para a instalação de 21 novas empresas em Goiás, com o respectivo incremento de mais de R$ 1 bilhão na economia goiana, será realizado em modo remoto, às 10 horas desta segunda-feira, dia 25,  pelo Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Indústria, Comércio e Serviços (SIC). Participarão ainda deputados, prefeitos e representantes de instituições empresariais que congregam os beneficiados com a celebração do acordo.

A escolha da data, 25 de maio, para manifestação da chegada das novas empresas tem um motivo especial: é Dia da Indústria, e o Governo de Goiás presta homenagens às indústrias goianas com o anúncio da chegada de novas empresas que decidiram se instalar em território goiano.

Esta é a segunda solenidade para assinatura de protocolos de intenção realizada este ano pelo governador Ronaldo Caiado e o secretário Wilder Morais, titular da SIC. A expectativa para o panorama dos negócios, em plena crise do coronavírus (Covid-19), é de geração de mais de 10 mil empregos, entre diretos e indiretos.

A meta é promover o desenvolvimento, criação de postos de emprego, com a devida absorção de mão de obra e movimentação de caixa, mediante investimentos no setor privado com incentivos governamentais, por meio do ProGoiás, novo programa de incentivos fiscais do Estado. A instalação das empresas ocorrerá em 18 municípios, distribuídas em todas as regiões de Goiás, com destaque para o Norte, Nordeste e Entorno do Distrito Federal.

O trabalho de atração de empresas em Goiás tem como meta a regionalização do desenvolvimento, numa escalada positiva da economia, contemplando especialmente cidades do Norte, Nordeste e Entorno do Distrito Federal. “O governo tem no engrandecimento regional com ênfase no crescimento das localidades mais carentes, um dos fatores de superação dos efeitos das crises sanitária e econômica”, frisa o secretário Wilder Morais.

Dois meses

A movimentação de serviços para a instalação e o início das atividades produtivas das indústrias nos 18 municípios goianos, seguindo critérios adotados pelo protocolo de intenção e adesão ao ProGoiás, deve ocorrer em um prazo de 60 dias, a partir da materialização das negociações.

Ao assinar o protocolo e adotar um dos pilares da política econômica apregoada pelo Governo de Goiás e iniciar o pleno funcionamento de operações empresariais e de industrialização, o setor incrementa o mercado de trabalho, a geração de renda, ganhos, rendimentos e faturamentos.

“Num momento de incertezas a direção é fortalecer e dar fôlego à provisão de receita com novos investimentos”, conclui Wilder Morais.

Secretaria de Indústria, Comércio e Serviços - Governo de Goiás