Forças de segurança de Goiás iniciam desobstrução de rodovias

O Governo de Goiás, por meio de suas forças de segurança pública, iniciou na tarde desta terça-feira (1º) o plano de operação para desobstruir rodovias que estão sendo palco de manifestações de caminhoneiros no Estado

O Governo de Goiás, por meio de suas forças de segurança pública, iniciou na tarde desta terça-feira (1º) o plano de operação para desobstruir rodovias que estão sendo palco de manifestações de caminhoneiros no Estado. Sob o comando da Secretaria de Segurança Pública (SSP-GO), a desarticulação dos protestos, que oscilam entre pontos de ocupação e/ou interdição ao longo de rodovias estaduais e federais, atende decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Morais, encaminhada à Procuradoria Geral do Estado de Goiás (PGE-GO).

O plano de operação e seus desdobramentos estão sendo discutidos junto ao Ministério Público Estadual (MPE-GO) e ao Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO) e se dará primeiro pelas rodovias estaduais, onde neste momento há 19 pontos de ocupação por manifestantes. Em todos eles há, desde ontem, forças policiais monitorando os protestos e garantindo a passagem de veículos de passageiro e de carga, total ou em situações de emergência. 

O Governo de Goiás esclarece que a operação busca cumprir a decisão judicial de forma pacífica, priorizando o diálogo com os manifestantes. Ao longo desta segunda-feira (31/10) e da manhã desta terça-feira, diversos pontos de interdição foram desbloqueados pelas forças policiais com base no entendimento entre as partes. Tão logo o governo de Goiás foi notificado da decisão do STF, a PGE emitiu uma Orientação de Cumprimento de Decisão Judicial (OCD) para que as para que as forças de segurança do Estado atendessem a determinação. 

Secretaria de Comunicação – Governo de Goiás

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.