Estado entrega computadores para 200 escolas públicas

Equipamentos foram adquiridos via emenda parlamentar coletiva da Assembleia Legislativa de Goiás e vão beneficiar escolas estaduais e municipais

O Governo de Goiás realizou, nesta quarta-feira (23), a entrega de 3.728 computadores, adquiridos com recursos de emenda parlamentar coletiva dos deputados estaduais, para escolas das redes públicas de ensino. As máquinas vão beneficiar 173 escolas estaduais e 33 escolas municipais, de 125 municípios.

Esta é a segunda etapa da entrega de computadores custeados pelo Tesouro Estadual, por meio da Emenda Parlamentar nº 2088. Em dezembro de 2021, foram entregues 2.360 maquinários para 118 escolas municipais, de 96 municípios. O investimento total da aquisição foi de R$ 25 milhões.

Tecnologia na mão do aluno

Uma das escolas beneficiadas com a entrega dos computadores foi o Centro de Ensino em Período Integral (Cepi) Silvio Gomes de Melo Filho, do município de Morrinhos. A gestora Dalva Castro conta que os novos computadores vão substituir os antigos equipamentos da escola. “Com o laboratório móvel, os televisores em sala e agora esses 12 computadores para a mediateca, a tecnologia está na mão do aluno. Ele só tem a ganhar com isso”, afirmou.

O Cepi Silvio Gomes de Melo Filho atende 263 estudantes, do 6º ao 9º ano no Ensino Fundamental e da 1ª à 3ª série no Ensino Médio. No início de 2022, o colégio recebeu um laboratório móvel, composto por 44 Chromebooks, e adquiriu televisores conectados à Internet em todas as salas de aula. 

Computadores como ferramenta didático-pedagógica

No evento desta quarta-feira (23), realizado na Secretaria de Estado da Educação (Seduc), estiveram presentes deputados, prefeitos, secretários municipais de Educação e a secretária de Estado da Educação, Fátima Gavioli. A titular da Seduc enfatizou que os computadores devem ser de uso exclusivo dos alunos e professores como ferramenta didático-pedagógica.

“Estas máquinas só podem ser usadas por estudantes. Elas não podem ir para o serviço administrativo. Elas têm que atender a escola, de forma que os professores peguem as crianças e as levem para esse espaço onde vão fazer suas pesquisas”, explicou a secretária. 

Cada escola regular receberá 20 computadores e as escolas de tempo integral vão receber 12 aparelhos, quantidade necessária para compor as mediatecas. O motivo para essa diferença é que os Cepis não possuem laboratórios de Informática e bibliotecas separadas. Nas escolas de tempo integral, há um espaço único de leitura e pesquisa on-line, com livros, jornais e computadores à disposição dos alunos.

Equipamentos foram adquiridos via emenda parlamentar coletiva da Assembleia Legislativa de Goiás e vão beneficiar escolas estaduais e municipais (Foto: Seduc-GO)

Fonte: Secretaria de Estado da Educação – Governo de Goiás

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.