Sedi inaugura nono laboratório para inclusão tecnológica

Em um só lugar, os jovens têm acesso a cursos com metodologia e linguagem de software e hardware, desenvolvidos para viabilizar a inclusão social e econômica. A meta é atender a 7,8 mil pessoas, de 12 a 20 anos, até 2024. O investimento de quase R$ 4,3 milhões viabilizou 26 unidades em 23 municípios

A população da Cidade de São Luís de Montes Belos, localizada a 120 quilômetros da capital, recebe nesta quarta-feira (30), às 11h, a 9ª unidade do Include inaugurada no Estado. A unidade está instalada no Colégio Estadual Presidente Costa e Silva, no Centro da cidade.

O projeto é fruto de uma parceria do Governo de Goiás, por meio do Goiás Social e da Secretaria de Estado de Desenvolvimento e Inovação (Sedi), com o Instituto Campus Party. A escolha dos locais de instalações dos laboratórios é para contemplar comunidades em vulnerabilidade social. Em um só lugar, os jovens têm acesso a cursos com metodologia e linguagem de software e hardware, desenvolvidos para viabilizar a inclusão social e econômica. A meta é atender a 7,8 mil pessoas, de 12 a 20 anos, até 2024.

O investimento do Estado de quase R$ 4,3 milhões viabilizou 26 unidades, distribuídas em 23 municípios. Somente no ano passado, quando as seis primeiras estruturas começaram a funcionar, cerca de 600 jovens foram beneficiados com a iniciativa. Cada laboratório oferece 75 vagas em cursos de robótica.

Os laboratórios têm como objetivo promover a inserção de jovens de baixa renda no mundo digital, por meio da oferta de cursos gratuitos voltados para a tecnologia e robótica estimulando a criatividade e o pensamento computacional.

Serviço:
Inauguração Laboratório Include
Data: 30/03 (quarta-feira)
Horário: 11h
Local: São Luís de Montes Belos
Colégio Estadual Presidente Costa e Silva
Rua Rio Claro, 1127, Centro

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.