Caiado anuncia chegada de mais vacinas em Goiás

E articulação para ampliar compras de imunizantes para o Brasil. Cerca de 12 milhões de doses da Oxford/AstraZeneca devem ser distribuídas pelo Ministério da Saúde aos Estados nos próximos dias. Governador informa que participa, nesta terça-feira (02/03), de reunião com embaixador russo no Brasil, Sergey Pogóssovitch, na União Química, em Brasília, para saber da capacidade de oferta da Sputnik V para o país. Ele defende união entre entes federativos para fortalecer poder de compra do Brasil”

O governador Ronaldo Caiado anunciou, nesta segunda-feira (1º/03), a chegada de novas doses de vacina contra Covid-19 em Goiás. Segundo ele, a parcela de imunizantes deve estar em território goiano até o final desta semana. “Um lote pequeno, mas com a previsão de mais 12 milhões de vacinas [da Oxford/AstraZeneca] no mês de março, sendo distribuídas entre todos os Estados”, explicou. A declaração foi feita em evento que marcou o lançamento de edital de seleção da Agência Goiana de Habitação (Agehab) para sorteio de 83 apartamentos do Residencial Agenor Modesto, em Aparecida de Goiânia.

Caiado também destacou o esforço do Governo de Goiás em contribuir com as ações do Ministério da Saúde para a compra de mais doses para o Brasil. Ele lembrou que participa, nesta terça-feira (02/03), de uma reunião com o embaixador russo no Brasil, Sergey Pogóssovitch, na União Química, em Brasília, para saber da capacidade de oferta do imunobiológico para o país. De acordo com ele, o laboratório responsável pela Sputnik V no Brasil já vendeu cerca de 10 milhões de doses ao governo brasileiro. “Queremos ampliar contatos”, sublinhou.

O governador ressaltou que o recurso para compra de imunizantes pelo Governo de Goiás é oriundo da União. “Toda a aquisição de vacina será paga com dinheiro federal”, disse. “Cada Estado vai ficar com sua parcela relativa ao percentual que tem de população. Não vamos tirar nenhum real do Tesouro do Estado de Goiás”, acrescentou. 

O líder do executivo goiano defendeu que o momento é de união de forças para que o maior número de doses seja adquirido para o país. Ele citou uma conversa com a senadora Kátia Abreu, presidente da Comissão de Relações Exteriores no Senado Federal. Caiado informou que a parlamentar tocantinense está convocando reuniões com embaixadores e presidentes das maiores empresas e laboratórios do mundo no sentido de buscar alternativas para ampliar a capacidade de compra do imunizante. “Vamos todos ombrear essa luta”, disse.

Conscientização

Sobre a capacidade de atendimento da rede pública de saúde de Goiás, o governador alertou que, apesar do aumento no número de leitos de tratamento para pacientes com Covid-19, é preciso conscientização das pessoas. “O pedido que faço é que não tenhamos aglomerações e que compartilhemos ações junto com os governos municipais para ofertarmos o melhor tratamento à população”, frisou.

Goiás saiu de 269 leitos, no início de 2019, para 742 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na atual gestão. “Ninguém conseguiu, em curto espaço de tempo, abrir tantas UTIs, como nós, neste período de um ano”, garantiu Caiado. O governador lembrou que será inaugurado, na próxima segunda-feira (08/03), o Hospital de enfrentamento à Covid-19 do Centro-Norte Goiano (HCN), em Uruaçu. A unidade terá capacidade para cerca de 200 leitos, sendo 68 de UTIs e 118 de enfermarias.

Fotos: Wesley Costa

Fonte: Secretaria de Comunicação - Governo de Goiás

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.